Um fragmento colorido da minha amizade por ti.

February 24, 2017

A «amizade colorida» passa as fronteiras da nossa pele. Rompe com a limitação física das individualidades. Transforma o preto e o branco num arco-íris inigualável. Eleva a iluminação da nossa alma. Transcende os conhecimentos que absorvemos diariamente. Coloca boas sementes na nossa mente sábia. É com ela que os nossos tempos livres riem às gargalhadas de tanta felicidade. Estranha para uns, rebelde para outros, verdadeira para quem a vive. Reina o amor, mas não tem que namorar. Surge a cumplicidade, mas não tem que casar. É uma amizade mais próxima, despreconceituosa, afetiva e corajosa. Sentimos a falta e não faltamos à chamada. Pedimos para ficar e, mesmo que parta, não sai de dentro de nós. Temos medo de perder. 
 

Nota: Qualquer semelhança com a definição mais usual de «amizade colorida» é pura irrealidade. Neste texto não está retratado o tipo de relacionamento interpessoal em que duas pessoas assumem um compromisso sexual descomprometido, não querendo dar início a uma relação (duradoura) de namoro.

 


 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Acolhes a minha tristeza?

September 21, 2020

1/7
Please reload

Posts Recentes

September 21, 2020

September 7, 2020

August 24, 2020

July 12, 2020

June 30, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags