A inteligência emocional numa relação amorosa - dica 3 (de 5)

Dica 3. Dedique tempo a cuidar do outro elemento do casal, aplicando no dia-a-dia exemplos práticos de empatia, de compaixão, de confiança e de boa comunicação.

Colocar-se no lugar da pessoa que ama é um exercício essencial para que tenha uma maior consciência relativamente às necessidades dela, podendo, a partir daí, cuidar muito bem dela. No desenvolvimento da intimidade, nomeadamente nos momentos de partilha e de autorrevelação (do que mais profundamente sentimos e pensamos), é importante, como refere Esther Perel, «saber ouvir tanto como saber falar». Esperando uma reciprocidade, a mesma autora acrescenta que «o recetor das revelações tem de ser um interlocutor carinhoso, tolerante, que não faça juízos de valor: um “bom ouvinte”, empático…».


Dicas para elevar a inteligência emocional numa relação a dois (contribuindo para a melhoria da própria relação e do seu desenvolvimento pessoal).

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square

Telemóvel

91 083 08 06

Seguir nas redes sociais

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • YouTube ícone social