Junto contigo posso ser livre “à minha maneira”?

November 5, 2019

     Consegues ser livre “à tua maneira” num relacionamento interpessoal muito significativo para a tua vida? Se pensares bem, constatas facilmente que cada pessoa dará uma definição diferente de liberdade. Primeiramente, o importante é que digas a ti próprio(a) o que é a liberdade e para que serve essa liberdade na tua vida. Depois, no passo seguinte, procura descobrir como conseguirás dar uso a essa liberdade quando estás num compromisso relacional. Desafio-te a pensares na relação de casal – não tem de ser uma relação com uma pessoa em particular, basta pensares na “relação ideal”. Dessa forma, pensando nesse tipo (ideal) de relação amorosa, responde à seguinte questão: qual é o espaço e tempo que quero para a minha liberdade, de modo a sentir um grande bem-estar nesse espaço/tempo concedido ou conquistado? Pensa em termos práticos, introduzindo atividades e dinâmicas (podendo incluir a frequência das mesmas) que alimentem esse espaço/tempo. Agora, num cenário mais próximo da realidade, imagina que alguém muito especial entra na tua vida. Partindo do princípio que o espaço e tempo que necessitas para a tua liberdade é aparentemente incompatível com a construção de uma relação a dois, procura definir uma lista de prioridades para esse espaço individual (relativamente às tarefas e dinâmicas que incluíste). Olhando para o trabalho que realizaste, pensa o que estarias disposto(a) a abdicar, sem comprometer significativamente a tua liberdade. Agora estás pronto(a) a negociar na tua relação real o espaço da liberdade e refletirem conjuntamente para que serve a mesma. Boa sorte! Ah, lembra-te que vais negociar a tua liberdade, a liberdade dele(a) e, ao mesmo tempo, conciliar com a dimensão “casal” (obviamente, o espaço e tempo da vossa relação não deve ser esquecido neste último exercício). Lembra-te que esta negociação tem de estar sempre presente na linha do tempo. Não será preciso dizer que a abertura e a flexibilidade na discussão deste assunto são competências-chave para a vivência de uma relação harmoniosa e de individualidades felizes.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Desculpa!

August 24, 2020

1/6
Please reload

Posts Recentes

September 7, 2020

August 24, 2020

July 12, 2020

June 30, 2020

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags