Há um vazio em mim…

- Ensinaram-me a olhar para mim, só para mim. Aprendi a olhar para mim muito mais do que para qualquer outra pessoa. Tenho olhado tanto que parece que o vazio em mim é maior com o passar dos dias. Ao olhar bem de perto, de forma profunda, este vazio é gigante! Isto é assustador!


- Posso olhar?


- Podes. Olha só para mim! Vês? Há um vazio gigante!


- Tens razão. Posso entrar nele?


- Bem, sim…


- Cá vou eu! Olha agora para ti.


- Uau! O vazio é bem menor, mas mesmo assim há muito espaço.


- Sem dúvida. Acho que tens espaço para muitas pessoas. Vamos convidar mais alguém? Terás um vazio bem menor. É que não nascemos para vivermos sozinhos. Uma grande parte dos nossos vazios preenchem-se com pessoas. Pessoas que nos dão vida. Os outros são parte de nós. Nunca te esqueças disso. Para além disso, antes de convidarmos mais pessoas, vou tirar daqui muito lixo que tens acumulado. Encontro aqui listas de tarefas ocas, caixas de prioridades absurdas, intolerâncias incompreensíveis, imensas granadas de ódio, entre tantas coisas escuras e sujas que nem consigo perceber o que é…

Posts Em Destaque
Posts Recentes